Livros do mês (Janeiro 2018)

Livros do mês (Janeiro 2018)

Postado em:
Blog - Livros escolhidos do mês
- 09/01/2018 21:43:23

Confira abaixo os livros do mês. As obras escolhidas são divulgadas até o dia 10 de cada mês. Entenda o que significa cada ícone de identificação:

(conheça nossos planos mensais)

LEGENDA: 

Livro principal:  Todos os assinantes daquele perfil receberão esse livro. 
Segundo livro: Para assinantes que recebem 2 livros/mês e têm um ou dois leitores com o mesmo perfil na mesma assinatura.
Obra alternativa: Pode substituir tanto o livro principal quanto o segundo livro, de acordo com a escolha do assinante. 
Plano biblioteca: Assinantes do plano biblioteca recebem esse livro

 

Obs. Você pode escolher qualquer obra da lista para substituir o título principal (L1 ou L2) da sua categoria, mesmo que esse título seja de uma categoria diferente. Para isso, basta nos enviar um e-mail no contato@clubeadoletra.com.br ou pelo "fale conosco" do site, com seus dados de usuário, o livro que gostaria de receber e qual livro gostaria de substituir. O prazo para solicitação de alteração vai até 12 de janeiro.

Lembre-se que é importante ficar atento à relação do leitor com a leitura, independentemente da idade, só assim você poderá saber o nível de proficiência do pequeno ou jovem leitor. Também é possível trocar o nível de proficiência na área de assinantes, sempre que necessário. Mas isso deve ser feito sempre antes do dia 10 de cada mês, quando fechamos a lista de envio.

Obras selecionadas para envio em janeiro. (Para assinaturas efetivadas até 10/01/2018).

Perfil: Bebês
 
Bem lá no alto – Susanne Strasser

Bem lá no alto,Susanne Strasser
Ilustração: Susanne Strasser
Tradução: Julia Bussius
Editora: Cia das Letras
Dimensões(cm): 25x21
Capa: Capa dura
Páginas: 35
Edição: 1 /2016

Quem acompanha o clube desde o início, verá que essa obra já havia sido escolhida como alternativa no mês de outubro. Mas como foi o primeiro mês, os assinantes atuais não a tem, e achamos que essa obra merece chegar na casa de todos os pequenos.

Escrito e ilustrado Susanne Strasser, autora alemã reconhecida internacionalmente pela qualidade de suas obras, Bem lá no alto propõe uma brincadeira engraçada, e faminta! Lá no alto existe um bolo, aqui embaixo um urso. Urso, bolo e agora? Ainda bem que o urso pode contar com a ajuda dos seus amigos animais para alcançar o tão almejado bolo. Mas será que ele consegue alcança-lo a tempo?
A obra é uma divertida forma de mostrar a importância da cooperação e da amizade. Bom para crianças por volta dos 2 anos, quando chega aquela fase forte do egocentrismo. O livro não vai te livrar dessa fase :) Mas com certeza vai arrancar umas boas risadas suas e do seu pequeno.
 

Este é o lobo – Alexandre Rampazo

Este é o lobo,Alexandre Rampazo
Ilustração: Alexandre Rampazo
Editora: DCL
Dimensões(cm): 28x14
Capa: Brochura
Páginas: 56
Edição: 1 /2016
 
Se tem um personagem conhecido nas histórias para crianças (e para adultos!), esse personagem é o lobo. Já perdemos as contas de quantas vezes esse camarada já atazanou, participou e, às vezes, até ajudou os protagonistas das histórias. Oras, muitas vezes ele mesmo já foi o protagonista. Pois esse é o caso dessa divertida obra de Alexandre Rampazo. Divertida e importante.
 
Não queremos estragar o surpreendente final, basta dizer que lobo também tem sentimentos. Histórias vêm e vão, personagens também, mas e o lobo, como fica? Em uma formatação textual simples e cumulativa, somando-se à ilustração sensacional do autor, Alexandre nos traz ao mesmo tempo um livro e uma brincadeira. Agora, vamos chamar o lobo para brincar com a gente?
 
Alexandre Rampazo é um dos autores/ilustradores de maior destaque na atualidade, tendo ganhado o prêmio Jabuti em 2015 com a sua parceria com o autor Loyola Brandão na obra “Os olhos cegos dos cavalos loucos”.
 

Eu Grande, você pequenininho – Lilli L'Arronge

Eu Grande você pequenininho,Lilli L'Arronge
Ilustração: Lilli L'Arronge
Tradução: Julia Bussius
Editora: Cia das Letras
Dimensões(cm): 19x19
Capa: Brochura
Páginas: 56
Edição: 1 /2015
 
Dizem que essa obra serve somente para a relação de pais e filhos meninos, mas nós dizemos que vale para qualquer relação, mãe com filho, com filha, avós com netos. Isso porque Lilli L’Arronge nos traz um retrato puro do dia a dia da criação. Uma ode à dedicação que colocamos na criação dos nossos filhos, netos ou qualquer criança sob nossos cuidados, responsabilidade e carinho.
 
As ilustrações são lindas e a cada cena descobrimos um pedaço da nossa própria história. O texto é simples, quase um jogo que extrapola as páginas do texto e que abre caminho para uma brincadeira sem fim com os pequenos.
 
 
 
Perfil: Para ler junto
 
Minha Professora é um monstro – Peter Brown

Minha Professora é um monstro,Peter Brown
Ilustração: Peter Brown
Tradução: Indigo
Editora: Intrinseca
Dimensões(cm): 28x21
Capa: Capa dura
Páginas: 40
Edição: 1 /2015
 
De professor e monstro todo mundo tem um pouco. Nessa obra de Peter Brown acompanhamos a história do protagonista através de sua própria perspectiva, mas logo entendemos que tem mais alguém ali querendo falar com a gente.

Cada um educa de um jeito, mas geralmente não paramos para entender o que as crianças pensam ou sentem quando levam uma bronca. De uma maneira inteligente e divertida, Brown nos leva a uma história de amizade e transformação, mas acima de tudo de compreensão de que cada história tem mais de um ponto de vista.
 

Chapeuzinho Amarelo – Chico Buarque

Chapeuzinho Amarelo,Chico Buarque
Ilustração: Ziraldo
Editora: Autêntica
Dimensões(cm): 21x21
Capa: Brochura
Páginas: 36
Edição: 40 /2017

Chapeuzinho tem medo de tudo, tudo mesmo. Mas o que ela mais teme sobre todas as coisas é o lobo. Mas como fazer para superar esse medo, só o leitor vai descobrir.

Um clássico da literatura brasileira para a infância, escrito por Chico Buarque e ilustrado por Ziraldo, só poderia dar muito certo. Essa é a 40ª edição da obra. Uma obra atemporal, que vai levar os pequenos em uma viagem pelo mundo das rimas, da poesia e da língua portuguesa. Aliás, nada mais literário do que derrotar o medo usando palavras.
 

Da Pequena Toupeira Que Queria Saber Quem Tinha Feito Cocô Na Cabeça Dela – Werner Holzwarth

Da Pequena Toupeira Que Queria Saber Quem Tinha Feito Cocô Na Cabeça Dela,Werner Holzwarth
Ilustração: Wolf Erlbruch
Tradução: Heloisa Jahn
Editora: Brinque-book
Dimensões(cm): 27x21
Capa: Brochura
Páginas: 24
Edição: 18 /2010
 
Já imaginou sair de casa e descobrir que sua cabeça foi alvo de algum desavisado que a confundiu com uma privada? Com certeza você não iria deixar barato, nem nosso protagonista irado, e toupeira.

Procurando de página em página pelo ato jocoso, a toupeira interroga cada animal que encontra pela frente, enquanto esses provam para nosso amigo que seus cocôs são diferentes daquele que continua a adornar sua cabeça nervosa. Será que ele vai encontrar o culpado?
 
 
 
Perfil: Pequeno leitor
 
Amarilis – Eva Furnari

Amarilis,Eva Furnari
Ilustração: Cárcamo
Editora: Moderna
Dimensões(cm): 26x18
Capa: Brochura
Páginas: 32
Edição: 1 /2013
 
Dois irmãos estreitam seus laços brincando do que mais gostam: explorar novas histórias através das páginas dos livros. Mas essas histórias são especiais, inventadas a partir de pequenos trechos de outras histórias e imagens pela irmã que, sabendo da condição especial do irmão, se esforça para traduzir o mundo das imagens em uma linguagem universal, a das histórias e contos de fadas.

Amarílis é uma obra sincera e tocante. De fácil compreensão para os pequenos que já tem autonomia de leitura. Escrito por Eva Furnari, a obra traz duas interessantes mudanças no trabalho da autora, primeiro Eva não é a ilustradora, deixando o trabalho, igualmente contagiante à cargo de do ilustrador chileno Gonzalo Cárcamo. O tom da história também não tem o costumeiro humor que permeia as obras da autora, mas o drama suave e significativo traz um tom de aconchego e cumplicidade.
 

O Gênio do Crime - Uma Aventura da Turma do Gordo – João Carlos Marinho

O Gênio do Crime - Uma Aventura da Turma do Gordo,Joao Carlos Marinho
Editora: Global
Dimensões(cm): 23x15
Capa: Brochura
Páginas: 142
Edição: 60 /2010
 
Mais um clássico nacional na lista desse mês. Com certeza vai ter muito pai e mãe sentindo nostalgia ao receber o Gênio do Crime em sua casa. A obra, escrita por João Carlos Marinho, até então advogado na cidade de Guarulhos e São Paulo, foi lançada em 1969 pela editora Brasiliense e se tornou um sucesso que atravessou décadas.

O livro é o primeiro e mais famoso das aventuras da Turma do Gordo e tem tudo que as crianças adoram, um caso para resolver e amigos para formar uma equipe de investigação. O livro recebeu o prêmio de melhor obra Mercedez-benz de literatura em 1988, e até hoje é uma referência na literatura infanto-juvenil do país.
 
 
A Caça ao Snark – Lewis Caroll

A Caça ao Snark,Lewis Caroll
Ilustração: Chris Riddel
Tradução: Bruna Beber
Editora: WMF Martins Fontes
Dimensões(cm): 20x16
Capa: Brochura
Páginas: 96
Edição: 1 /2017
 
Informamos desde já que para ler esse livro é preciso ter em mente que ao se caçar um Snark, pode-se muito bem se deparar com um Bujum, e aí a coisa fica séria. A caça ao Snark foi escrito por Lewis Caroll, autor de Alice no país das maravilhas, e traz, em forma de poemas e rimas, a história deu uma tripulação que zarpa em uma aventura em busca do Snark, uma criatura valiosa, porém perigosa.

O poema foi escrito há mais de um século, entre as 1874 e 1876, e muitos até hoje não sabem ao certo se a obra é infantil, épica ou simplesmente absurda. Uma coisa é certa, a leitura é um desafio à parte para os leitores, pois traz algumas palavras e termos mais difíceis para quem está começando, mas a aventura vale o esforço.
 
 
Perfil: Jovem Leitor
 
A verdade é uma caverna nas Montanhas Negras – Neil Gaiman

A verdade é uma caverna nas Montanhas Negras,Neil Gaiman
Ilustração: Eddie Campbell
Tradução: Augusto Calil
Editora: Intrinseca
Dimensões(cm): 20x20
Capa: Capa dura
Páginas: 80
Edição: 1 /2015
 
Publicada incialmente em uma coletânea de contos, A verdade é uma caverna nas Montanhas Negras é uma história fascinante sobre família, a busca por um tesouro e a descoberta de um mundo invisível. Esta bela narrativa ilustrada nasceu de uma colaboração inédita entre Neil Gaiman e o célebre artista Eddie Campbell, que deu vida aos personagens e às paisagens da história premiada.

O talento e a visão de dois gênios criativos resultam em uma obra que passeia entre o livro ilustrado e o graphic novel, desafiando os limites entre texto e imagem em uma explosão de cor e sombra, memória e arrependimento, vingança e, acima de tudo, amor.



No Coração da Amazônia – Manuel Filho

No Coração da Amazônia,Manuel Filho
Ilustração: Anthony Mazza
Editora: Panda books
Dimensões(cm): 21x14
Capa: Brochura
Páginas: 176
Edição: 1 /2017
 
Dizem que se nós não vemos, não nos importamos. Uma questão da psicologia humana. É o que torna tão difícil engajar pessoas em questões como a fome, conflitos e os maus tratos à natureza e aos animais. Hoje essa premissa é ainda mais válida, mesmo com maior acesso à informação. Acontece que nem toda a informação informa de verdade. Por isso essa obra, vencedora do prêmio Jabuti em 2008 é tão importante. Com uma condução leve e envolvente, Manuel Filho traz as aventuras do descendente de alemães Hans e de seus amigos, que juntos irão descobrir as maravilhas da selva amazônica, enquanto farão de tudo para preservar esse incrível bioma, que deveria servir de orgulho nacional e de toda a humanidade.
 
 
Livro da Selva, As Aventuras de Mogli, o Menino Lobo – Rudyard Kipling

Livro da Selva, As Aventuras de Mogli, o Menino Lobo,Rudyard Kipling
Tradução: Vera Karam
Editora: L&PM
Dimensões(cm): 21x14
Capa: Brochura
Páginas: 176
Edição: 1 /2016
 
Embora Rudyard Kipling (1865-1936) nunca tenha estado nas selvas indianas, suas narrativas e descrições são vívidas e deliciosas, e os confrontos e diálogos retratados fazem destas histórias aventuras perfeitas. Se por um lado a trajetória de Mogli – o menino lobo que é a maior criação do autor – tem um aspecto edificante (pois ele cresce e se depara com o dilema de ter de abandonar a vida selvagem para se juntar à civilização dos homens, inimigos dos animais), por outro lado, Kipling mostrou uma sensibilidade à frente do seu tempo ao comparar a infância com a vida selvagem, numa época em que a psicologia infantil ainda era incipiente.

Histórias do Livro da selva foram inúmeras vezes adaptadas para quadrinhos, teatro e cinema, mas a mais célebre de todas as versões foi Mogli, o menino lobo, dos estúdios Disney. Recentemente a história de Mogli vou novamente adaptada para o cinema em uma versão do diretor Jon Favreau.

Boa Leitura!
 

​***********

O Clube Adoletra quer incentivar a leitura em sua casa. Todos os meses lhe enviamos o melhor da literatura infantil e juvenil para que você possa criar sua própria biblioteca em casa e estimular seus pequenos a criar um vínculo de afetividade com o livro e com as possibilidades.

Categorias

Fique informado!

+ Posts

Nossa definição do perfil leitor, saiba mais.
Nossa definição do perfil leitor, saiba mais.
Livros do mês (Novembro 2017)
Livros do mês (Novembro 2017)
3 Dicas para incentivar a leitura em casa e uma que você não vai gostar.
3 Dicas para incentivar a leitura em casa e uma que você não vai gostar.
Livros do mês (Dezembro 2017)
Livros do mês (Dezembro 2017)
Livros do mês (Outubro 2017)
Livros do mês (Outubro 2017)