As histórias que a Fafá conta!

As histórias que a Fafá conta!

Postado em:
Blog - Novidades do Clube
- 22/02/2018 21:17:55

Quando a sua antena captadora de histórias aponta para o céu, os pequenos logo se preparam para curtir mais uma aventura.

(Confira aqui as listas de títulos dos meses anteriores)

Nina Brondi, Mar de Histórias, Literatura infantil

Muito se fala a respeito da leitura para crianças na primeira infância, seus benefícios tanto para o desenvolvimento emocional quanto intelectual. Especialistas dizem que crianças que têm contato de forma regular com a leitura, logo nos primeiros anos de vida, terão facilidades ao longo de todo o aprendizado nos anos seguintes. Ainda assim, no Brasil, a frequência dessa prática ainda está muito aquém do esperado.
 
Por esse motivo, é fundamental divulgarmos e compartilharmos experiências que incentivam a leitura e o amor pelo livro nos pequenos. Com mais de 22 mil seguidores no Youtube, e 30mil espalhados em suas redes sociais, a atriz, apresentadora e contadora de histórias, Flávia Scherner, traz toda semana uma nova história contada através do seu canal Fafá Conta. Uma experiência encantadora para as crianças e para os pais, que ganham como alternativa um conteúdo de qualidade e uma nova oportunidade de apresentar o poder do livro aos filhos.
 
Nesse mês, convidamos a Fafá para participar da seleção das obras de março e logo de início, como suspeitávamos, vimos que a escolha foi certeira. Não vemos a hora de divulgar a lista do mês para vocês. Enquanto isso, conheça um pouco mais sobre a Fafá e seu incrível trabalho no Fafá Conta.

  Fafá conta histórias   instagram icon  Fafá Conta no Instagram   Fafá Conta no Facebook
 

Fafá, conte-nos um pouco a seu respeito, o que fazia antes de se dedicar às histórias para os pequenos?

Fafá é a minha versão contadora de histórias, minha formação é como atriz. Eu sempre fui meio "multifunção". Sou formada em design gráfico e trabalho como atriz profissionalmente desde adolescente. Na época da faculdade fazia uns bicos com trabalhos manuais. Lancei uma marca chamada "umpa design" em que criava bonecos e monstrinhos de tecido que eu mesma costurava (foi daí que surgiu o Lelê, o boneco que utilizo pra contar a maioria das histórias).
Morei em São Paulo de 2008 a 2011, nesse período trabalhei como apresentadora na Tv Cultura e apresentei também uma temporada de um programa pra Tv Brasil. Em 2011 voltei pra Curitiba.
 
O que te levou a se interessar e a entrar de cabeça no projeto da Fafá Conta?

Quando voltei pra Curitiba tive um período sem trabalho. Quase um ano sem aparecer absolutamente nada... estava no maior desânimo, pensando que teria que transformar o plano B (trabalhar como designer) em plano A, quando uma amiga me ligou pedindo para ir contar histórias no aniversário da filha dela. Vi ali uma oportunidade de um novo trabalho, que só dependia de mim para acontecer. Até então eu só sabia contar uma história!! A que minha mãe inventou para me contar quando eu era pequena e que eu ilustrei para transformamos em livro em 2014: "Os Entalados". Foi assim que a Fafá nasceu e agradeço sempre essa minha amiga por ter jogado uma luz no meu caminho!
Também sempre tive muita facilidade de me relacionar com crianças (acho que porque eu tenho a minha criança ainda bem viva dentro de mim!), então foi tudo fluindo bem para esse trabalho dar certo.

De todos os vídeos que já fez, quais foram seus preferidos?

Ai que difícil... tem mais de 200 vídeos no canal hehe.

Bom, "Bárbaro" é um vídeo que gosto bastante. A história é muito criativa, com um final surpreendente! Além disso, acho que fui muito feliz com o texto que criei pra contar a história que Renato Moriconi fez nesse livro imagem.  Link

"Os 33 porquinhos" eu gosto pois foi um vídeo que fiz no formato interativo "você decide". O livro tem possibilidades de escolha para a continuidade da história e consegui adaptar esse formato pro YouTube. Deu uma trabalheira, pois é um quebra-cabeça, mas ficou muito divertido! Pretendo fazer mais vídeos assim, mas preciso de mais tempo pra me dedicar a um vídeo desses. Link

Toda a série de mulheres incríveis (que depois foi atualizada para "pessoas incríveis"). Contei as histórias de Rosa Parks, Malala e muitas pessoas que são inspiradoras. Quero trazer representatividade e histórias que motivem as crianças. Link

Pipo e Fifi, um vídeo em que falo sobre prevenção de violência sexual para as crianças. Um tema importante e que não pode ser ignorado. Link

Como você escolhe as histórias para contar no seu canal?

Eu escolho histórias que me tocam, que eu me identifico, que eu gosto e quero compartilhar. Não necessariamente histórias que tenham uma lição de moral ou que procurem ensinar algo. Também procuro contar histórias de livros que tenham boa qualidade literária, coisas que estou aprendendo com esse trabalho e que ajudem a tornar as crianças mais críticas e de mentes abertas.

Qual sua opinião sobre a literatura infantil hoje no Brasil?

Temos excelentes autores(as) e editoras comprometidas com qualidade literária e que não subestimam a inteligência das crianças. Também existem muitos movimentos de incentivo à literatura nas redes sociais, isso é ótimo pra trazer foco pra esse assunto, criar leitores mais críticos e interessados em qualidade. Clubes de assinatura de livros infantis como o Adoletra também contribuem para a formação de público. O que deixa a desejar são questões políticas governamentais de incentivo.

Uma dica para os pais e mães que querem incentivar a leitura em casa.

Leiam! :) Leiam livros - de qualidade!!! - para as crianças, e leiam seus próprios livros na frente deles. O que funciona é o estímulo unido ao exemplo, como em tudo na vida. Ah!!  E deixem os livros ao alcance deles.

 
​***********
O Clube Adoletra quer incentivar a leitura em sua casa. Todos os meses lhe enviamos o melhor da literatura infantil e juvenil para que você possa criar sua própria biblioteca em casa e estimular seus pequenos a criar um vínculo de afetividade com o livro e com as possibilidades.

Receba o melhor da literatura infantojuvenil todo mês em sua casa.

Categorias

Fique informado!

+ Posts

Livros do mês (Setembro 2018)
Livros do mês (Setembro 2018)
Não tirem as crianças da sala :)
Não tirem as crianças da sala :)
Livros do mês (Agosto 2018)
Livros do mês (Agosto 2018)
Livros do mês (Julho 2018)
Livros do mês (Julho 2018)
Livros do mês (Junho 2018)
Livros do mês (Junho 2018)